Select Page
Se quer estar na vanguarda, quer ter o VictorOps.

O Splunk Infrastructure Monitoring e o Splunk APM (Application Performance Monitoring) fazem parte dum mundo em transformação. E se o mundo muda, as empresas têm de ser as primeiras a perceber quais são as grandes tendências, para não ficarem para trás. Mas não nos referimos apenas à oferta de serviços ao cliente final. Curioso? Continue a ler!

Sinais de mudança através de softwares como o Splunk Infrastructure Monitoring e o Splunk APM

A mudança tem de vir de dentro e é por isso que muitas estruturas empresariais estão a otimizar a forma como gerem as suas infraestruturas. Cada vez mais se observa uma transição para ambientes híbridos, multicloud ou cloud-native.

Uma coisa é certa: os clientes da homeostase podem contar com cada vez mais soluções para fazer esta transição e upgrade de infraestruturas, para que os seus negócios se mantenham operacionais.

No artigo anterior demos-lhe a conhecer o Splunk On-Call, que é o melhor amigo das equipas em prevenção, mas que vai para além da fase de resolução de problemas, facilitando também os passos seguintes. Agora, apresentamos-lhe o Splunk Infrastructure Monitoring e o Splunk APM.

Splunk Infrastructure Monitoring

O Splunk Infrastructure Monitoring é uma solução que monitoriza em tempo real infraestruturas e serviços na cloud. Foi projetada para atender às necessidades de monitorização e operação das apps mais recentes, com base em microsserviços ou arquitetura orientada para serviços. E esta é uma solução líder naquilo que faz!

Graças à arquitetura de streaming da Splunk, a abordagem do Splunk Infrastructure Monitoring para processar, armazenar e recuperar dados é muito diferente das soluções tradicionais.

A sua observação de métricas em tempo real foi desenvolvida para atender, em grande escala, às necessidades dos novos serviços cloud, containers e ambientes sem servidor com elevada cardinalidade.

Assim que os dados entram no Splunk Infrastructure Monitoring, a metadata é separada das métricas, uma vez que servem diferentes propósitos. As métricas são verificadas pelo sistema de análise de streaming e encaminhadas para os componentes que precisam delas, como dashboards ou alertas. Isto significa que quem utilizar o Splunk Infrastructure Monitoring recebe inputs e consegue reagir a estes em tempo real, enquanto que, com outras soluções existentes no mercado, este processo é muito mais demorado.

Outra vantagem do Splunk Infrastructure Monitoring é a possibilidade de organizar os utilizadores por equipas e de controlar os acessos a conteúdos específicos, dando-lhes acesso apenas àquilo de que necessitam. Como cada equipa tem responsabilidades específicas acede apenas às métricas diretamente relacionadas com os serviços que monitoriza ou gere.

A monitorização de infraestruturas e investigação estão no centro do trabalho conjunto que a Splunk e os seus clientes têm desenvolvido para otimizar cada vez mais os fluxos de trabalho e, como habitualmente, há uma integração com os restantes produtos da Splunk — como é o caso do Splunk On-Call —, o que reduz significativamente o tempo em que se detetam e resolvem os problemas.

Splunk APM

O Splunk APM é o novo componente do Splunk Infrastructure Monitoring e que permite que este último cumpra a sua estratégia enquanto plataforma de monitorização de clouds da próxima geração!

Transitar para microsserviços significa fragmentar apps em módulos mais pequenos que podem ser desenvolvidos e atualizados rapidamente. Mas, se por um lado esta abordagem permite que se programe mais depressa, por outro também torna as apps mais fracionadas e complexas! Desta forma, é preciso ter uma resposta holística, que permita filtrar os dados, excluindo o que não é relevante em cada análise.

Transitar para microsserviços significa fragmentar apps em módulos mais pequenos mas é preciso ter uma resposta holística, que permita filtrar os dados, excluindo o que não é relevante em cada análise.

Também se torna importante avaliar se os serviços estão “saudáveis”, assim como as transferências de informação feitas entre eles.

Em suma, a complexidade das novas apps justifica o valor das soluções de APM, devido às suas respostas mais rápidas. E como, hoje em dia, as empresas têm dezenas ou centenas de microsserviços, identificar e isolar problemas tornou-se muito mais difícil, mas não com o Splunk Infrastructure Monitoring e o Splunk APM.

Um sistema de monitorização deve conseguir aprender o comportamento de ambientes complexos e ajudar os clientes durante o processo de triagem. É isto que o Splunk Infrastructure Monitoring e o Splunk APM fazem. Caso também precise de otimizar os processos de identificação e resolução de problemas de interação entre as suas diversas ferramentas, fale connosco através do e-mail [email protected].

quero receber updates.