Atualmente, passamos parte das nossas vidas online e a cibersegurança torna-se uma defesa importante. Há inúmeras possibilidades para se expandir negócios e ganhar visibilidade, mas tudo o que chama a atenção daqueles que queremos que nos vejam também nos torna alvos mais atrativos às ameaças do digital.

A cibersegurança funciona um pouco como os seguros: queremos ter o melhor, mas esperamos nunca precisar deles. Mas a grande diferença entre estas duas formas de proteção é que da cibersegurança precisamos constantemente! E é aqui que a homeostase e a oferta da Splunk entram.

O perigo está sempre à espreita e a cibersegurança é a melhor defesa

Quem tem uma empresa com presença online sabe que, mais tarde ou mais cedo, os ciberataques vão chegar. Assim, ter bons produtos que otimizem os processos e o workflow é tão importante quanto munirmo-nos das melhores ferramentas de cibersegurança.

Os ataques chegam de todos os lados e de formas cada vez mais inovadoras. E estar informado e preparado é mandatório. De nada serve ter os melhores programas, softwares e apps se depois sofrermos um ataque que destrua todo o trabalho desenvolvido.

A cibersegurança é um processo contínuo, não é uma questão que se resolva momentaneamente.

Perceber o essencial

É preciso compreender que a cibersegurança é um processo contínuo, não é uma questão que se resolva momentaneamente sem que voltemos a precisar dela. E, quando tudo corre bem, pode até tornar-se um trabalho invisível, mas que não deixa de ser fundamental. Portanto, convém não ignorar a importância da cibersegurança em qualquer estrutura.

Há perguntas essenciais que nos devemos fazer para perceber por onde começar. O que quero proteger? Quais são os meus dados mais importantes? Como posso dar resposta às ameaças?

O modelo de cibersegurança da Splunk é a fórmula perfeita para manter a sua estrutura a salvo das ameaças e ataques externos. Quem o diz é a Gartner, que nomeou o software Splunk como líder no quadrante mágico da segurança pela 7ª vez consecutiva.

A cibersegurança para a Splunk

Para nós e para a Splunk, a melhor estratégia de cibersegurança passa por ter uma abordagem holística que abranja toda a organização. Deve haver um centro de cibersegurança com 6 etapas importantes, que poderá conhecer em detalhe no eBook The Essential Guide to Security. Mas vamos levantar um pouco mais o véu e explicá-los resumidamente:

  1. Recolha — guarde logs de segurança básicos e outros dados do seu ambiente;
  2. Normalização — aplique uma taxonomia de segurança padrão e adicione dados de ativos e identidade;
  3. Expansão — recolha fontes de dados adicionais, como atividade de endpoint e metadados de rede para conseguir fazer a deteção avançada de ataques;
  4. Enriquecimento — aumente os dados de segurança com fontes de inteligência para compreender melhor o contexto e o impacto de um evento;
  5. Automação e Orquestração — estabeleça uma segurança consistente e uma capacidade de operação repetível;
  6. Detecção Avançada — tenha mecanismos de detecção sofisticados, incluindo machine learning.

Se ainda ficou com dúvidas ou se quiser falar connosco sobre as melhores soluções de cibersegurança para a sua organização, já sabe que estamos à distância de um email, através do endereço [email protected].

quero receber updates.

Knowledge