O Splunk pode ajudar a salvar vidas — Saúde

Os sistemas de informação têm sido valorizados em várias áreas, mas nem sempre na área da saúde. Porém, esse cenário pode estar prestes a mudar! A propósito da pandemia de Covid-19 e para preservar a saúde de todos, fomos obrigados a uma série de alterações na vida tal como a conhecíamos. Esta situação impulsionou a evolução de várias áreas, como o e-commerce. Na área da saúde, ainda há margem para desenvolvimentos, de forma a automatizar os fluxos de trabalho.

E agora, que já apontámos o óbvio, vamos ao que interessa!

 

A Splunk e os sistemas de informação nos serviços de saúde

O acesso à informação em hospitais nunca foi tão importante como agora. E se quem não trabalha na área da saúde está sempre a ouvir falar de Covid-19, imagine quem faz parte desse universo e passa boa parte do seu tempo a tentar resolver à escala local este problema mundial. Mas, para que a informação circule com a devida rapidez, é preciso contar com as melhores ferramentas para o efeito.

Na área da saúde e em situações de crise, não há tempo a perder.

Apesar de a Splunk não ter softwares ou aplicações para o diagnóstico de pacientes ou apoio às decisões clínicas, tem, sim, os sistemas de informação necessários para que a informação vital ao bom funcionamento dos hospitais seja partilhada em tempo real e de forma intuitiva. Por sua vez, todos os profissionais para quem esses dados são importantes podem ser mais ágeis nas suas decisões!

A Splunk teve a oportunidade de participar num projeto, num grande hospital central em França, no qual os sistemas de informação se revelaram muito importantes para a área da saúde. Verificou-se que a integração de inteligência artificial e de machine learning facilitou o diagnóstico dos casos analisados. O principal desafio estava na criação de uma ferramenta que permitisse centralizar e monitorizar todos os dados do histórico do paciente, os seus exames médicos e os resultados dos tratamentos. Por outro lado, concretizar um dashboard que fosse intuitivo e user-friendly, não só para aceder à informação, mas, também, para a processar em tempo real. 

Centralização da informação, monitorização em tempo real e painéis de controlo intuitivos são aquilo de que os serviços de saúde mais precisam neste momento… e são também sinónimos da Splunk!

 

Tempo é… vida!

Na área da saúde todos os segundos contam e poder fazer uso dos sistemas de informação para aceder aos dados completos de um paciente em tempo real, com acesso a imagens, podendo ler os comentários feitos por outros colegas, e com a possibilidade de também acrescentar os seus, é uma grande mais-valia. E, naturalmente, estas vantagens não se limitam à Covid-19! Com a ferramenta criada pela Splunk, em parceria com a React, a vida de um profissional de saúde é significativamente mais simples, porque os sistemas de informação assim o permitem.

A título de exemplo, neste vídeo podemos ver como no Centro Hospitalar de Lisboa Central a informação ainda é partilhada de forma manual. Percebe-se facilmente que há aqui uma grande margem para progredir, através da automatização dos processos e do recurso a sistemas de informação.

É preciso “dar o salto” na partilha de informação manual para uma automatização dos processos.

Em 2013 o governo americano já estava alerta para a importância da automatização na área da saúde, até para que fosse possível reduzir custos! E se, à data, havia uma preocupação com a segurança dos dados partilhados, também sabemos que a Splunk é perita em cibersegurança!

A gestão e os processos na área da saúde precisam de “dar o salto”, de forma a que os seus profissionais se possam focar naquilo que é realmente importante, no momento certo. Se está nas suas mãos operar esse progresso, através dos sistemas de informação na área da saúde, fale connosco através do endereço [email protected].

quero receber updates.

Knowledge